segunda-feira, 2 de março de 2015

Kussondulola - 28/2/2015

No passado sábado fiz parte de uma bela reunião de amantes do reggae.
Eram 23h quando a República da Música em Alvalade ia vendo o seu espaço enchendo timidamente. O cartaz promissor tinha um motivo, a celebração dos 20 anos da edição do álbum “Tá-se bem” de Kussondulola. Editado em 1995 pela EMI este trabalho é ainda hoje uma referência para os ouvintes de reggae e não só. Temas como “Perigosa” ou “Pim Pam Pum” são conhecidos por várias gerações, o mesmo que podíamos ver neste evento.
Juntaram-se três gerações nesta noite, tanto no palco como no público, para cantar e ouvir o que de melhor se faz e se fez, não só no reggae como também no hip hop. “O álbum de Kussondulola faz vinte anos, eu também fiz vinte anos na semana passada” diz Jimi Jah provando esta diferença de idades.


A noite foi aquecendo ao som dos soundsystem’s até entrar em palco Bdjoy. O conceito do evento foi além de original bastante interessante, ao longo de duas horas vários artistas pisaram o palco, cantando duas a quatro músicas cada, passando ao próximo sem interrupções e acompanhados por Nagga Fire nos pratos. Pudemos ouvir (por ordem): Bdjoy, BG, Zaza e Big Vibz, Batarda, Gorby (Jahvai), Marcus Lion, Neyman, Jimi Jah, Baby Dog, Loreta, Rasdamula e Chaparro no final.


Quanto aos aniversariantes, Kussondulola, deram um concerto de uma hora, muito bem acompanhados em alguns temas com os convidados especiais Boss AC, Malaba Da Gun, Supa Squad e Jahlú.


A República da Música encontrava-se já muito bem composta e o espírito de união e partilha sentia-se.


Se todas as bandas com mais de 20 anos tiverem a energia e a entrega que Kussondulola ainda demonstram, temos a música entregue em boas mãos!



Texto: Sofia Robert

Fotografias: Luís Carvalho
Mais fotografias em: https://www.facebook.com/soumusica.pt


Sem comentários:

Enviar um comentário