quarta-feira, 9 de abril de 2014

Ipod Jah Soundsystem - entrevista

Em vésperas de Kintal Reggae Festival nos Coliseus entrei em “modo reggae” e estive a conversar com os Ipod Jah Soundsystem.

Ipod Jah Soundsystem é um projecto oriundo de Vila Nova de Milfontes, criado por Pedro a.k.a iPod (Selecta/MC) em 2010. Actualmente conta também com a participação de Johnny G. (selecta).
Este soundsystem conta já com alguns mash-ups e mixtapes editados e uma razoável colecção de dubplates.


Como se conheceram e como foi a entrada do João no projecto?

O soundsystem começou por volta de Novembro de 2010 em Lisboa e foi a junção de três amigos que tinham um grande amor pela música Reggae. Originalmente a formação era composta por Ipod (Selecta); Richie O. (Selecta) e Sérgio (Mc). Um ano mais tarde entrou também para o sound o SamKilla (Mc) que nos puxou um pouco também mais para o Hip\Hop, abrindo assim os nossos horizontes e levou o sound a outro tipo de sonoridade deixando de ser apenas só Reggae. Actuámos várias vezes em Lisboa, Almada e Costa da Caparica e ainda fizemos algumas actuações fora como por exemplo em Tomar e em algumas zonas do Alentejo. Por motivos de trabalho vim (Ipod) viver para Vila Nova de Milfontes em definitivo e o sound acabou por ficar um pouco em stand-by pois estávamos longe uns dos outros. Entretanto já conhecia o João a.k.a Johnny G. (Selecta) e a entrada dele para o sound foi um processo natural. Ele também é daqui de Milfontes e partilha os mesmos gostos musicais e achámos por bem levantar o sound outra vez, com uma nova cara e outras influências.
              
Como definem a cultura soundsystem em Portugal?

Achamos que neste momento a cultura soundsystem em Portugal está cada vez mais forte. A maior parte das grandes casas nocturnas de Lisboa e Porto já fazem muitas festas com os nossos sounds. Todos os fins-de-semana há boas festas para ir. Temos os Big Badda Boom Sound que recentemente ganharam um clash na europa, o que foi um grande orgulho para os sounds nacionais. Portanto penso que o movimento está cada vez maior e tende a crescer ainda mais. Claro que os sounds optam nestes eventos mais pela vertente do Dancehall, mas o Reggae está sempre presente nas actuações. Isto tudo também influencia o aparecimento de novos artistas e novos projectos que podem realmente dar uma maior visibilidade ao Reggae\Dancehall. Como é o caso dos Supa Squad( Mr.Marley & Zacky Man); Mr.Guetler ;  entre outros.

Sendo vocês de Vila Nova de Milfontes e tocando maioritariamente nessa zona do Sudoeste Alentejano, como vêem a propagação do movimento soundsystem e da cultura reggae no nosso país?

Não é tarefa fácil, é começar tudo do zero. Milfontes e aqui o Litoral Alentejano não têm nenhum passado no que toca ao Reggae. Embora seja zona de praia pensa-se que supostamente deveria ter um pouco mais de beach vibe mas não. Aqui vive-se muito outros estilos de música como Kizomba e House. Ainda houve alguns antes de nós que tentaram começar o movimento nesta zona mas a cena não persistiu e acabaram por desaparecer. Mas temos tido um óptimo feedback, as nossas atuações são sempre boas e temos sempre um público fiel que também ajuda e é por eles que continuamos na luta. Portanto a tarefa não é fácil e as casas nocturnas de Milfontes também não facilitam pois são demasiado medrosas em arriscar em estilos que não só o House a um sábado por exemplo. Há pouca cultura aqui mas já conquistámos o nosso espaço e as coisas boas hão-de aparecer. 

Qual é a sensação de ter uma dubplate do grande Alborosie?

Para um pequeno soundsystem como nós significa muito. Ter um dos maiores nomes do reggae actual a representar especialmente para nós é uma honra e um prémio por todo o trabalho dedicado a este movimento onde já lá vão quatro anos.
Link:( https://www.youtube.com/watch?v=BsmKZmWdpm4 )

Quais são as vossas influências do mundo do reggae?

Em relação a soundsystem e ao que fazemos as nossas maiores influências são: David Rodigan, Pow Pow Movement, Supersonic Sound e Mighty Crown. Em termos do que ouvimos podemos dizer alguns nomes, porque todos seria impossível: Alborosie, Chronixx, Tarrus Riley , Konshens, Max Romeo, Anthony B, … E em Portugal: Supa Squad, One Love Family, Bezegol, Chapa Duxx , Mercado Negro entre muitos outros.

Além deste género musical sei que também gostam e tocam outros, quais?

A nossa sonoridade vai desde o Roots Reggae, New Roots, Dancehall, Hip-Hop, Ragga\Jungle, Dubstep. Digamos que vamos a todas mas sempre com a nossa base principal que é Reggae Music.

Se pudessem partilhar o palco com um artista de qualquer género musical, quem escolheriam?

Possivelmente a pergunta mais difícil desta entrevista, pois somos fãs de muitos artistas mas há alguns que em palco deixam um bocado a desejar. Mas possivelmente Beenie Man, Luciano, Tarrus Riley e Sean Paul seriam rapazes para dar uma festa daquelas connosco.

Queríamos também agradecer ao blog SouMúsica.pt por esta entrevista e dar um big up especial à Sofia pela oportunidade. Ipod Jah seh so.
E um muito obrigado a todos aqueles que vão nos nossos espectáculos, que ouvem as nossas mixtapes e que nos apoiam sempre. É por vocês que andamos nisto.

One Love

Ipod Jah Sound 
(Ipod e Johnny G.)

Facebook: https://www.facebook.com/pages/Ipod-Jah-Soundsystem/117206375024211?fref=ts

1 comentário:

  1. Bora putos!! Em 2003 fiz parte do que julgo ter sido o primeiro soundsystem (ou algo do género) na zona! Até 2007 fizemos muita festa por toda a nossa costa! Não sei se por estar mais velho, mas parece-me que já houve mais movimento do que agora, mas talvez também por estar mais afastado da noite e não ter tanta percepção do que se passa! Contudo...continuem... e um grande abraço para o johny g. que conheço ... vimo-nos dentro de água!

    abrc

    joão mendes

    ResponderEliminar